Anorexia

Anorexia

A anorexia é um transtorno emocional onde o doente (maioritariamente femininas) tem uma imagem errada do seu corpo e se recusam a alimentar com o objetivo de serem sempre mais magras. 

Durante muito tempo associou-se a anorexia a más relações familiares mas hoje em dia isso não está comprovado. A anorexia parece estar associada a um conjunto de fatores de risco como a busca por uma beleza tipo, vigilância exagerada do peso, autoimagem negativa, pressões sociais e fatores genéticos.


Diagnóstico

Médico da especialidade de psiquiatria, nutricionista ou psicólogo .

O médico poderá pedir análises ao sangue para determinar o grau de deterioração dos diferentes órgãos como por exemplo análise à albumina e hemoglobina.



Sintomas
  • Medo de ganhar peso.
  • Recusar manter o peso considerado normal para a sua estatura.
  • As mulheres poderão não menstruar por mais de três ciclos.




Sinais
  • Perda de peso.
  • Recusa em se alimentar e em se alimentar na presença de outras pessoas.
  • Uso de fármacos como diuréticos (para urinar), laxantes (para evacuar) e inibidores do apetite para ajudar a perder peso .
  • Prática de exercício físico intenso e exagerado.
  • Comportamento obsessivo/compulsivo (o doente procura controlar todos os pormenores da sua vida e em particular a comida).
  • Perfeccionismo e insatisfação com o próprio corpo.


Fases da doença

A anorexia não tratada leva a que o corpo adoeça e apareçam complicações como por exemplo o inchaço, osteoporose, perda das defesas do organismo, cáries e desidratações. 



Tratamentos

Psicoterapia:  terapia comportamental.

Farmacológico: antidepressivos, ansiolíticos, anti psicóticos, estabilizantes do humor, nutracêuticos.



Prevenção

Deve-se encorajar os jovens a ter hábitos de vida saudáveis e a criar metas de peso realistas.



As informaçðes e sugestðes contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas.