Cancro da próstata

Cancro da próstata

É o cancro mais frequente no homem. 

O cancro da próstata consiste no crescimento descontrolado das células da próstata, que aumenta de tamanho, e posterior disseminação dessas células pelo corpo. Na Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP) há um aumento do tamanho da próstata mas as células não têm capacidade de se espalhar pelo corpo o que não é considerado um cancro.

A próstata é uma glândula que faz parte do sistema reprodutor masculino e está situada à frente do reto e sob a bexiga. O tamanho de uma próstata saudável é o de uma avelã e tem a forma de um donut. A uretra (tubo através do qual flui a urina), passa através da próstata. Se a próstata aumentar muito comprime a uretra, podendo causar problemas urinários, pois diminui ou pára o fluxo da urina, desde a bexiga até ao pénis. Por esse motivo os sintomas associados às dificuldades urinárias são comuns tanto no cancro da próstata como na HBP.


Diagnóstico

O médico fará um exame clinico e uma análise ao historial clinico do doente. 

Alguns exames são pedidos para auxiliar o diagnóstico:

  • Toque rectal.
  • Análise á urina.
  • Análise sanguínea (PSA).
  • Ecografia trans rectal.
  • Biópsia.

Se procura um especialista desta área deve procurar um urologista ou um oncologista.



Sintomas
  • Problemas urinários.
    • Incapacidade de urinar, ou dificuldade em iniciar ou parar o fluxo de urina.
    • Necessidade frequente de urinar, principalmente à noite.
    • Fluxo de urina fraco ou intermitente.
    • Dor ou ardor durante a micção.
  • Problemas sexuais:
    • Dificuldade em ter uma erecção.
    • Sangue na urina ou no sémen.
    • Dor frequente na zona inferior das costas, nas ancas ou na zona superior das coxas.




Fases da doença

O cancro da prostata evolui por varios estadios:

  • Estadio I: tumor não palpável, circunscrito à próstata.
  • Estadio II: tumor palpável mas que ainda não se metastizou (isto é, que ainda não começou a espalhar-se para outras zonas do corpo)
  • Estadio III: tumor que se espalhou para além da camada exterior da próstata. Pode ser encontrado nas vesículas seminais, mas ainda não atingiu os gânglios linfáticos.
  • Estadio IV: tumor com uma, ou mais, das seguintes características:
    • Tumor que invadiu a bexiga, o recto ou as estruturas circundantes 
    • Tumor que metastizou para os gânglios linfáticos.
    • Tumor que metastizou para outras partes do corpo, como por exemplo para os ossos.
  • Recidiva do cancro da próstata: corresponde a um tumor que foi tratado, e que voltou passado um tempo. A recidiva pode surgir na próstata, ou noutra parte do organismo.


Tratamentos

As especialidades médicas que se dedicam ao tratamento do cancro da próstata são: urologia, oncologista e radioterapia.

O tratamento do cancro da próstata depende, principalmente, do estadio da doença, do grau do tumor, dos sintomas apresentados e da saúde geral da pessoa.

No entanto poderá ser opção : a cirurgia, a radioterapia ou a hormonoterapia.

 



Prevenção

Não existe prevenção que garanta o não desenvolvimento de um cancro. É fundamental a vigilância e atenção aos primeiros sintomas. A detecção precoce é crucial para o tratamento.



As informaçðes e sugestðes contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas.