Herpes labial

Herpes labial

É uma doença causada por um vírus que após o primeiro contágio fica alojado nos nervos periféricos em estado latente. Mais tarde e em situações de debilidade ou de stress do organismo, o vírus reativa-se e a doença reaparece na pele.

Pode surgir em diversas zonas mas quase sempre em torno dos lábios.

Ainda antes do aparecimento das vesiculas o doente queixa-se de dor, calor ou prurido na zona afetada.

 


Diagnóstico

Normalmente os sintomas do herpes labial são muito característicos pelo que serão suficientes para fazer o diagnóstico. No entanto o médico pode pedir exames ao sangue, para pesquisa de anticorpos contra o vírus ou às vesiculas para pesquisa do vírus.



Sintomas

O primeiro sintoma do herpes labial é o formigueiro ou sensação de queimadura em torno do lábio ou na zona onde vai surgir a lesão. Depois ocorre comichão que pode durar horas ou 1 dia. De seguida a pele fica vermelha e começa a ganhar bolhas com liquido dentro. Finalmente as bolhas rebentam e formam a crosta para depois ocorrer a cicatrização.

 





Sinais

No herpes labial surgem vesículas cheias de líquido junto ao lábio.



Tratamentos

Não existe cura para o vírus do herpes, mas existem tratamentos disponíveis que podem ajudar a abrandar a fase activa do vírus e a diminuir o tempo de recuperação. Existem tratamentos em creme, contento anti virais, que podem ser aplicados diariamente para aliviar os sintomas. Existem também medicamentos administrados por via oral cujo objetivo é reduzir a carga viral no organismo.

Podem também ser utilizados pensos que ajudam a cicatrização das bolhas e crostas aliviando a dor e comichão.

 Na fitoterapia utilizam-se Hamamelia em pomada e soluções com destilados ou extrato liquido.



Prevenção

Cerca de 80% da população está contaminada com o vírus. A primeira infeção ocorre logo nos primeiros anos de vida sendo difícil evitá-lo. No entanto o aparecimento dos surtos está associado a fenómenos ligados ao stress.

Alguns fatores que podem desencadear o aparecimento da lesão do herpes são:

  • Sistema imunitário enfraquecido
  • Constipação ou gripe
  • Fadiga
  • Tempo frio
  • Exposição solar
  • stress
  • Outros fatores associados:
  • Menstruação
  • Alterações hormonais
  • Febre

 O imediato controlo destas situações pode prevenir o aparecimento de um herpes labial.



As informaçðes e sugestðes contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e outros especialistas.